O que é o DDoS: tipos de ataques e como se proteger [Dicas]

O que é o DDoS: tipos de ataques e como se proteger [Dicas]

O DDoS é uma forma de acesso maliciosa que pode causar pane em servidores da web.

A tecnologia avança e os métodos mais variados para invadir, invalidar e roubar dados de um sistema só cresce. Dentre muitos itens prejudiciais que nos deparamos na internet, o DDoS pode estar entre aqueles que mais podem causar alarde em empresas que atuam na World Wide Web e precisam usar servidores para suprir a demanda de acessos. 

Venha conferir.

O que é e como funciona o ataque DDoS?

Um ataque DDoS parte de um único hacker que comanda uma rede de computadores zumbis, que chamamos de botnet. Essa rede é composta de centenas de milhares de máquinas infectadas – às vezes até pelo já conhecido Trojan, que, conjuntamente, acessam um mesmo servidor. 

Esse servidor por sua vez não consegue processar aquele máximo de solicitações e entra em pane, ocasionando breakdown em sites, sistemas e redes, derivando em inúmeros prejuízos.

 

Qual a diferença entre um ataque DoS e um DDoS?

O DoS (Denial of Service) possui a mesma premissa que explicamos anteriormente, contudo o ataque é feito por um único computador que impõe diversas solicitações para um servidor alvo. 

Normalmente ele é mais nocivo aos computadores pessoais que não possuem um time de segurança ou um servidor dedicado. Já o DDoS (Distributed Denial of Service) é bastante letal. 

Isso se deve ao fato de que um único hacker/cracker pode comandar milhares de computadores a esgotar um recurso de um único servidor alvo, que normalmente são empresas no geral.

Conheça 3 tipos de ataques DDoS

Não podemos dizer que um ataque DDoS seja um vírus ou malware, como o temido Ransomware e seu roubo de dados, isso porque esse ataque não garante uma invasão do sistema. Porém, a sobrecarga dos servidores causada por ele ainda sim pode ser nociva para o desempenho de uma empresa. 

Dito isso, conheça as principais formas desse ataque e em seguida, como defender-se deles.

Volumétrico

Esse pode ser o ataque mais comum porém não é menos perigoso. O DDos Volumétrico causa uma infestação na largura da banda do servidor que estiver disponível, congestionando o tráfego e causando lentidão e blackout em uma plataforma da web. 

Quem comanda um ataque volumoso pode encaminhar quantas solicitações quiser á um único servidor.

UDP Flood

Já o UDP Flood acomete portas aleatórias do servidor enviando imensos pacotes UDP

Sendo assim, o servidor precisará responder a cada uma dessas solicitações destas portas. Em grande escala, um site ficará lento gradualmente até que não responda mais.

NTP Flood

Um NTP (Network Time Protocol) é o protocolo de rede que permite uma conversa dinâmica entre computadores no mundo inteiro. 

Quando um ataque DDoS é feito dessa forma, pequenos pacotes contendo um IP (falsificado) do alvo acionam as NTPs de outros computadores que, como resposta, acessam essa informação, causando também lentidão e esgotamento de um site da internet.

Melhores práticas para evitar ataques DDoS

Apesar do susto, viemos também trazer soluções bem simples. 

Apesar do ataque DDoS ser um grande problema para qualquer um que depende de um serviço de web, isso não pode impedir você de ter uma plataforma online, hoje essencial para manter seu público por dentro do que a sua marca propõe. 

Sendo assim, perca o medo e dê uma conferida nas formas abaixo para evitar tal transtorno:

Crie um plano de resposta

Você já ouviu falar de gerenciamento de crises? Esse gerenciamento é uma forma de deixar soluções engatilhadas para quando um problema surgir e ser resolvido no menor tempo possível. No caso de um DDoS, muitas empresas focam em:

  1. Equipe de resposta: mantenha um grupo de funcionários bem treinados que possam agir com rapidez nesses momentos;
  2. Sistemas á postos: verifique periodicamente softwares e hardwares que precisam de atenção sempre. Não deixe a manutenção de última hora e, em conversa com o TI, defina as principais ferramentas que podem garantir uma boa resposta a ataques maliciosos;
  3. Informe seu público: seja sincero com quem visita seu site, tanto o público, quanto sua equipe, é importante acalmar os ânimos e solicitá-los que retornem dentro de alguns minutos.
  4. Tenha a quem recorrer: novamente, o TI é seu maior aliado. Tenha os contatos certos quando esse problema surgir, eles devem ser os primeiros a serem notificados nesse caso.

Proteja a infraestrutura da sua rede

Não hesite em investir em segurança de dados e tecnologias que permitam uma maior e melhor execução do firewall, VPN, filtragem de conteúdos e outras barreiras. 

Cada um desses aspectos são um nível a mais de segurança que permite uma menor penetração dos ataques em DDoS.

Crie cultura de segurança na empresa

É preciso comunicação entre os colaboradores. Muitas vezes utilizamos senhas muito simples para não esquecê-las, o que torna o trabalho de um invasor ainda mais fácil. 

Pequenas informações assim trabalhadas com a equipe no geral, podem ajudar a manter o ambiente profissional (e até pessoal), ainda mais seguro. 

Logo, pense em formas de manter a integridade cibernética dos profissionais que administram sua plataforma.

Adquira serviços em nuvem

Lembra que anteriormente citamos que os ataques em DDoS mais comuns atuavam ocupando boa parte da largura da banda do servidor? Exatamente por isso é interessante possuir serviços que contemplem sua plataforma, porém em nuvem. 

Serviços em nuvem permitem não só uma banda mais larga como também são constantemente monitoradas de forma online.

CONCLUSÃO

O DDoS, Negação Distribuída de Serviço, é um marco no crescente uso das plataformas multimídia online. É preciso ter atenção aos ataques diversos que eles podem causar, principalmente a lentidão e inoperância em um site. 

Sendo assim, é preciso criar uma estratégia para quando surgir esse imprevisto. Seja montando um plano de resposta, investindo em tecnologia de ponta e segurança do Software, o importante mesmo é ter profissionais confiáveis de TI com quem possa contar, e claro, preparar sua equipe para um problema que pode sim acontecer no ambiente online.

Acima de tudo, não desanime! Seguindo nossas dicas e investindo em segurança, sua empresa só tem a ganhar quando está presente na net, cativando usuários e gerando conversões, vendas e acessos.

 

Quer conhecer mais estratégias sobre o mercado digital? Continue acessando nosso blog, aqui a gente conta como se destacar no maior empório do mundo, a internet.

fonte: Mercado Online Digital

Felipe Mangini Developer
CEO/WEB DEVELOPER

Add comment: